TETRACOSACTIDA





AVISO SOBRE O ÍNDICE:Esta página fornece informações para esclarecer algumas questões básicas sobre esse ingrediente ativo, medicina, patologia, substâncias ou produtos. Não é exaustivae, portanto, não expõe todas as informações disponíveis não substitui a informação que pode fornecer seu médico.Como a maioria dos medicamentos têm riscos e benefícios. Quaisquer questões adicionais sobre este ou outros medicamentos deve conversando com o seu médico que serve. – Para consultar a literatura clic aquí

TETRACOSACTIDA Ações terapêuticas.

Análogo da corticotrofina.

 

TETRACOSACTIDA Propriedades.

A tetracosactida é um polipeptídeo de origem sintética cuja seqüência reproduz os aminoácidos 1 a 24 da corticotrofina humana (polipeptídeo de 39 aminoácidos). A tetracosactida carece do fragmento peptídico de 25 a 39 da corticotrofina, que possui atividade imunogênica e precipita o aparecimento de anticorpos neutralizantes, portanto pode ser utilizada sem risco elevado de reações de hipersensibilidade. A tetracosactida estimula a síntese de esteróides adrenais (hidrocortisona, cortisona, andrógenos e, em menor grau, aldosterona) nos pacientes com função adrenal normal, enquanto que não é eficaz quando o paciente é portador de uma insuficiência adrenal primária ou secundária. Prefere-se seu uso ao da corticotrofina para o diagnóstico de insuficiência adrenal primária devido ao menor risco de geração de alergia.Entre 45 e 60 minutos após sua administração por via parenteral registra-se um pico de concentração plasmática de hidrocortisona no paciente com funcionamento adrenal normal; 1mg de tetracosactida possui a mesma atividade que 100UI de ACTH. No tratamento das patologias que requerem uma elevação dos níveis circulantes de glicocorticóides aplica-se como preparado de depósito.

 

TETRACOSACTIDA Indicações.

Adjuvante no diagnóstico da insuficiência adrenocortical. Tratamento de patologias que requerem uma elevação dos níveis circulantes de glicocorticóides (doenças do colágeno [artrite reumatóide], pênfigo, dermatite herpetiforme, dermatite exfoliativa, eczema crônico, colite ulcerativa, mal de Crohn, hiperbilirrubinemia, síndrome nefrótica). Tratamento das exacerbações de esclerose múltipla, síndrome de Lennox e síndrome de Guillain Barré. Tratamento paliativo do câncer em estado terminal. Asma brônquica quando os corticóides não são recomendados (crianças que podem ter seu crescimento afetado). Substituto dos glicocorticóides em pacientes adrenalectomizados ou afetados pelo mal de Addison.

 

TETRACOSACTIDA Posologia.

Diagnóstico. Adultos: 0,25mg por via SC, IV ou IM. Crianças: 0,125mg por via IM. Tratamento de deficiência de glicocorticóides. Adultos: 0,5 a 1mg (preparado de depósito), duas vezes por semana. Em casos agudos pode aplicar-se 1mg/dia, durante 3 dias; crianças menores de 6 anos: ? da dose para adultos; crianças de 6 a 12 anos: metade da dose para adultos.

 

TETRACOSACTIDA Reações adversas.

Náuseas, febre, vômitos. Reações de hipersensibilidade: choque anafilático.

 

TETRACOSACTIDA Precauções.

Administrar com precaução em pacientes com insuficiência cardíaca latente, úlcera gástrica ou duodenal, epilepsia, hipertensão, antecedentes psicóticos. O tratamento com tetracosactida pode diminuir a resistência às infecções. Os diabéticos insulinodependentes podem requerer um aumento da dose de insulina. Vigiar os níveis sangüíneos de glicose e o balanço eletrolítico de sódio e potássio. A corticotrofina tem sido vinculada com efeitos teratogênicos na administração prolongada; pela semelhança existente, embora não existam provas conclusivas, recomenda-se não usar tetracosactida em mulheres grávidas a menos que o benefício para a mãe supere o risco potencial para o feto. O aleitamento deve ser suspenso se a mãe receber o fármaco.

 

TETRACOSACTIDA Interações.

É inativada pelas enzimas contidas no sangue total e no plasma, portanto não é recomendável adicionar tetracosactida a tais elementos.

 

TETRACOSACTIDA Contraindicações.

Hipersensibilidade à tetracosactida. Hipersensibilidade à corticotrofina. Pacientes com antecedentes alérgicos. Síndrome de Cushing. Herpes genital. Varíola.



  • tetracosactida

  • f
  • TETRACOSACTIDO DEPOSITO
  • tetracosactido medicina
  • Tetracosactido
  • novedades android
Comparte esta nota:

Comentarios:

Loading Facebook Comments ...
Deja tu comentario
Tu Comentario