ROQUITAMICINA





AVISO SOBRE O ÍNDICE:Esta página fornece informações para esclarecer algumas questões básicas sobre esse ingrediente ativo, medicina, patologia, substâncias ou produtos. Não é exaustivae, portanto, não expõe todas as informações disponíveis não substitui a informação que pode fornecer seu médico.Como a maioria dos medicamentos têm riscos e benefícios. Quaisquer questões adicionais sobre este ou outros medicamentos deve conversando com o seu médico que serve. – Para consultar a literatura clic aquí

ROQUITAMICINA Ações terapêuticas.

Antibiótico.

 

ROQUITAMICINA Propriedades.

Trata-se de um antibiótico semi-sintético, ativo por via oral, que pertence ao grupo dos macrolídeos ketolídeos. Seu principal mecanismo de ação é como bacteriostático, inibindo a síntese protéica por sua união à subunidade 50S dos ribossomas bacterianos. Além disto, possui atividade bactericida em concentrações próximas à concentração inibitória mínima (MIC). A roquitamicina é regularmente ativa contra bactérias resistentes à eritromicina. É especialmente utilizada para o tratamento de infecções intracelulares, já que não somente é captada pelos macrófagos e pelas células polimorfonucleares, como também estimula o efeito bactericida destas células. A roquitamicina atua sobre microrganismos aeróbios e anaeróbios Gram-positivos, inclusive sobre bactérias produtoras de beta-lactamase (estreptococos, estafilococos, pneumococos, peptococos, clostrídios, corinebactérias, pepto-estreptococos) e sobre alguns microrganismos Gram-negativos (H. influenzae, B. pertussis, N. gonorrhoeae, Bacteroides, Chlamydia, Campilobacter e Legionella pneumophila).Ademais, a roquitamicina tem atividade sobre bactérias intracelulares como Ureaplasma e Mycoplasma pneumoniae. É rapidamente absorvida por via oral, sem sofrer inativação pelo suco gástrico, apresentando uma biodisponibilidade de aproximadamente 70%. Após ser absorvida, distribui-se pelos tecidos, onde é rapidamente metabolizada transformando-se em 10-OH-roquitamicina, leucomicina A 7 e leucomicina V, os quais possuim atividade antibacteriana. A união a proteínas plasmáticas é aproximadamente da ordem de 30%. A roquitamicina e seus metabólitos são eliminados principalmente na bile e aproximadamente 1-2% na urina.

 

ROQUITAMICINA Indicações.

Infecções bacterianas agudas e crônicas produzidas por bactérias sensíveis à roquitamicina. Amigdalite, faringite, bronquite, pneumonia, pneumonia por micoplasma, broncopneumonia, foliculite, furunculose, erisipela, celulite, linfadenite, infecções periodontais, otite, sinusite, enfermidade pélvica inflamatória, clamidíase e erradicação do Helicobacter pylori. Está especialmente indicada em pacientes alérgicos à penicilina e outros antibióticos beta-lactâmicos.

 

ROQUITAMICINA Posologia.

Dose usual: via oral (antes das refeições): 400mg a cada 12 horas. A duração do tratamento oscila entre 5 a 14 dias, conforme a severidade da infecção.

 

ROQUITAMICINA Superdosagem.

Até o presente não foram registrados casos de superdosagem.

 

ROQUITAMICINA Reações adversas.

As principais reações adversas incluem prurido, urticária, náuseas, sensação de distensão abdominal e alteração das enzimas hepáticas.

 

ROQUITAMICINA Precauções.

Administrar com precaução a pacientes com insuficiência hepática severa. Não administrar a mulheres grávidas e em período de amamentação, salvo se os benefícios para a mãe superarem os potenciais riscos para o feto e o lactente. Estudos in vitro e em animais de experimentação demostraram que a roquitamicina não é teratogênica, não é mutagênica e não possui efeitos embriotóxicos.

 

ROQUITAMICINA Interações.

Desconhece-se existência de interações com outros fármacos. Não obstante, considerando que outros macrolídeos apresentam interações com derivados do ergot e com a carbamazepina, recomenda-se administrar roquitamicina com precaução a pacientes que se encontrem sob tratamento com estes fármacos.

 

ROQUITAMICINA Contraindicações.

Hipersensibilidade aos macrolídeos.



Comparte esta nota:

Comentarios:

Loading Facebook Comments ...
Deja tu comentario
Tu Comentario