PROCATEROL





AVISO SOBRE O ÍNDICE:Esta página fornece informações para esclarecer algumas questões básicas sobre esse ingrediente ativo, medicina, patologia, substâncias ou produtos. Não é exaustivae, portanto, não expõe todas as informações disponíveis não substitui a informação que pode fornecer seu médico.Como a maioria dos medicamentos têm riscos e benefícios. Quaisquer questões adicionais sobre este ou outros medicamentos deve conversando com o seu médico que serve. – Para consultar a literatura clic aquí

PROCATEROL Ações terapêuticas.

Broncodilatador.

 

PROCATEROL Propriedades.

Trata-se de um agonista seletivo dos receptores beta 2-adrenérgicos (reproteol, fenoterol, salbutamol, formoterol), que atua diretamente sobre a musculatura lisa brônquica.

 

PROCATEROL Indicações.

Asma brônquica, broncospasmo reversível associado com bronquite, enfisema e outras doenças pulmonares obstrutivas crônicas.

 

PROCATEROL Posologia.

Adultos: via inalatória, 10mcg a 20mcg, 1 a 3 vezes ao dia. Crianças: via inalatória, 10mcg 2 a 3 vezes ao dia. Caso seja necessária nova administração, recomenda-se respeitar um intervalo de 1 a 2 minutos entre as inalações. Adultos: via oral, 0,05mg a 0,10mg ao dia. Crianças de 1 a 12 anos: via oral, 1,25mcg/kg, 1 a 2 vezes ao dia.

 

PROCATEROL Superdosagem.

Os sintomas de superdose acidental são devidos a uma estimulação beta-adrenérgica. Caso ocorra, recomenda-se interromper a medicação e provocar sua eliminação através de lavagem gástrica. Os antídotos de eleição são os fármacos beta-bloqueadores cardiosseletivos, administrados por via intravenosa, embora estes compostos devam ser utilizados com precaução em pacientes com antecedentes de broncoespasmo.

 

PROCATEROL Reações adversas.

As principais reações adversas compreendem palpitações, sensação de sufocação, sensação de calor, tremores, cefaléias, enjôos, insônia, tinito, vômitos, rash cutâneo, congestão nasal e secura de boca.

 

PROCATEROL Precauções.

Recomenda-se não ultrapassar as doses recomendadas para cada indicação. Administrar com precaução em pacientes com tirotoxicose, diabetes melitus, patologias cardiovasculares graves ou hipertensão arterial. Apesar de os estudos em animais não terem revelado efeitos teratogênicos, recomenda-se não administrar durante a gravidez e a lactação. Dado que o procaterol pode inibir as reações cutâneas aos alérgenos, deve-se aguardar 12 horas após a última administração do fármaco para poder realizar eventualmente testes cutâneos de sensibilidade.

 

PROCATEROL Interações.

Não se recomenda o uso simultâneo com outras catecolaminas, tais como adrenalina e isoproterenol, pois podem desencadear arritmias. Não administrar juntamente com beta-bloqueadores não-cardiosseletivos, visto que estes antagonizam os efeitos do procaterol.

 

Contraindicações.

Hipersensibilidade ao fármaco.



  • procaterol para que serve
  • procaterol posologia
  • procaterol reações adversas
  • procaterol

  • para que serve procaterol
  • novedades android
Comparte esta nota:

Comentarios:

Loading Facebook Comments ...
Deja tu comentario
Tu Comentario