POTÁSSIO, BICARBONATO





AVISO SOBRE O ÍNDICE:Esta página fornece informações para esclarecer algumas questões básicas sobre esse ingrediente ativo, medicina, patologia, substâncias ou produtos. Não é exaustivae, portanto, não expõe todas as informações disponíveis não substitui a informação que pode fornecer seu médico.Como a maioria dos medicamentos têm riscos e benefícios. Quaisquer questões adicionais sobre este ou outros medicamentos deve conversando com o seu médico que serve. – Para consultar a literatura clic aquí-

POTÁSSIO, BICARBONATO Ações terapêuticas.

Reposição eletrolítica.

 

POTÁSSIO, BICARBONATO Propriedades.

O bicarbonato de potássio é outro sal (além do acetato de cloreto) administrado como suplemento oral de potássio. Encontra-se em baixa concentração nos líquidos extracelulares e no plasma, mas é o cátion mais abundante no citoplasma celular. É eliminado principalmente pela urina e o funcionamento normal dos rins é responsável pela manutenção do equilíbrio eletrolítico de potássio. Alguns pacientes sofrem depleção de potássio associada com acidose metabólica e hipercloremia (pacientes com acidose tubular renal); nestes casos recomenda-se não administrar cloreto de potássio e o sal indicado é o bicarbonato de potássio.

 

POTÁSSIO, BICARBONATO Indicações.

Hipopotassemia, com ou sem acidose metabólica, intoxicação por digitálicos; paralisia periódica familiar hipopotassêmica. Na prevenção da hipopotassemia em pacientes tratados com digitálicos ou que recebem diuréticos não-poupadores de potássio. Tem sido utilizado no tratamento da taquicardia auricular, arritmia ventricular, hipertensão e para induzir os níveis de insulina nos pacientes obesos. Também para reduzir o risco de infarto de miocárdio.

 

POTÁSSIO, BICARBONATO Posologia.

Habitualmente o equivalente a 50 a 100mEq de potássio por dia (50mEq=2g de bicarbonato de potássio). A dose deve ser ajustada às necessidades do paciente.

 

POTÁSSIO, BICARBONATO Superdosagem.

Em pacientes com mecanismos normais de eliminação de potássio, a administração de bicarbonato de potássio raramente poderá levar a hiperpotassemia. Em caso de superdose interromper a administração imediatamente e proceder de modo a corrigir o nível sérico de potássio e o equilíbrio ácido-base.

 

POTÁSSIO, BICARBONATO Reações adversas.

Náuseas, vômitos, dor abdominal, diarréia. Sinais e sintomas de intoxicação por potássio.

 

POTÁSSIO, BICARBONATO Precauções.

Sua administração em pacientes com mecanismos renais de excreção de potássio alterados pode levar a concentrações elevadas, provocando assim parada cardíaca, bradicardia, arritmias e morte; esse efeito é mais freqüente quando o potássio é administrado por via IV, embora possa ocorrer na administração oral. A segurança de uso durante a gravidez ainda não foi estabelecida.

 

POTÁSSIO, BICARBONATO Interações.

Não administrar concomitantemente com diuréticos poupadores de potássio nem com inibidores da enzima conversora de angiotensina devido ao risco de desenvolver hiperpotassemia.

 

POTÁSSIO, BICARBONATO Contraindicações.

Hiperpotassemia.



  • bicarbonato infarto
  • infarto bicarbonato
  • bicarbonato de potassio para que serve
  • bicarbonato de potássio

  • propriedades do bicarbonato de potassio
  • novedades android
Comparte esta nota:

Comentarios:

Loading Facebook Comments ...
Deja tu comentario
Tu Comentario